União Desportiva Vilafranquense, Futebol SAD

A UD Vilafranquense regressou, este domingo, às vitorias, batendo o CF Estrela da Amadora por 0-1, na penúltima partida da jornada 28 da Liga Portugal SABSEG. Na conferência de imprensa após o triunfo, Filipe Gouveia, treinador principal dos ribatejanos, analisou os vários momentos do encontro e atribuiu o mérito da vitória aos seus jogadores.

“Parabéns a este grupo de trabalho. Quando chegámos aqui, o clube estava numa situação complicada e estarmos na situação em que estamos neste momento, visto que faltam seis jornadas para o fim do campeonato e temos quase a manutenção praticamente garantida. É mérito deles. Mérito do grupo de trabalho, mérito dos jogadores, da forma como eles trabalham o dia-a-dia e da entreajuda que eles têm em todos os treinos. Isso revela-se também dentro do jogo. Tivemos fortes defensivamente. Compactos sem nunca descorar o ataque e o contra-ataque. O CF Estrela da Amadora é uma equipa muito boa, com uma dinâmica grande. Bom meio-campo com muita qualidade. Sabemos que jogava perante o seu público, que apoiam os jogadores e apoiam a equipa como ninguém. Penso que não há muitas equipas da Liga Portugal SABSEG que tenha um público destes e isso é bom para o futebol. É mau para mim, porque vim jogar contra, mas acaba por ser bom porque quem gosta de futebol e quem tem paixão pelo futebol como eu tenho, gosta de jogar perante estes públicos e perante os diversos estádios como o do Estrela. Fomos organizados, mas faltou-nos alguma tranquilidade para fazermos o segundo golo, que tem faltado. Porquê? Porque estamos sempre numa situação complicada na tabela classificativa e agora daqui para a frente com a manutenção praticamente assegurada, acho que os jogadores vão soltar-se mais, vão jogar mais, vão querer ter mais bola com mais qualidade porque temos jogadores com muita qualidade só que eles ficam inibidos, porque quem está em baixo e quem andou dentro de campo, sabe que isso é complicado. Acho que acabamos por fazer um bom jogo. Sofremos quando tivemos que sofrer e acho que a vitória assenta bem. Poderíamos até feito mais um ou outro golo, penso que o guarda-redes defendeu uma bola com a cara, mas o CF Estrela da Amadora também podia ter marcado. Um jogo equilibrado”, afirmou.

O técnico de 48 anos agradeceu, como habitual, o apoio dos adeptos que se deslocaram à Reboleira e não escondeu o desejo de ver ainda mais unionistas nas bancadas.

“Só dar uma palavra também para o nosso público que se deslocou aqui à Amadora e que nos ajudam também. Gostava que fossem mais. Agradecer a esta malta que veio aqui também apoiar o Vilafranquense”, concluiu.

Abril 4, 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *